top of page

Benefícios do Mercado Livre de Energia: Flexibilidade de contrato e Previsibilidade de custos

No ambiente de contratação livre (ACL) popularmente conhecido como Mercado Livre de Energia, os consumidores são aptos a comprar energia de qualquer fornecedor - o que permite a livre negociação dos seguintes fatores: acordo de tarifas, definição da quantidade de energia a ser contratada, período contratual, sazonalidade (repartição do volume anual de energia em volumes mensais), modulação (alocação de volumes mensais de energia por hora ou patamar de carga em cada mês) e garantia financeira dos contratos. Devido a ampla concorrência, os preços no ACL são significativamente mais baixos que no mercado cativo, o que traz expressiva economia financeira. Porém, este não é o único benefício que as empresas obtêm ao participar desse Mercado.

No ACL não há distinção na tarifa de consumo ponta e fora-ponta e a tarifa de demanda sofre desconto, ou seja, outro benefício que o ambiente apresenta é a flexibilidade na produção da empresa, pelo aumento do número de horas disponíveis, antes dificultadas pelo horário de ponta. É comum empresas optarem por interromper a produção no horário de ponta e retomar após seu término ou utilizar geradores a diesel neste intervalo para manter a produção operante sem ter que pagar pela tarifa maior. No Mercado Livre há a possibilidade de desativar os motor-gerador a diesel de manutenção custosa e que causa impactos negativos ao meio ambiente, trocando-os por uma energia de qualidade superior e limpa. Deve-se atentar que a TUSD demanda permanece sendo cobrada no Mercado Livre, porém, devido aos descontos que podem chegar a 100%, permite-se que o arranjo da produção e dos itens do contrato fiquem a critério do cliente. Desde 2015, as contas de energia do mercado cativo, independente de grupo tarifário ou residencial, passaram a utilizar o sistema de bandeiras tarifárias, que indicam se a energia custa mais ou menos, em função das condições de geração de eletricidade. O sistema possui quatro bandeiras: verde, amarela, vermelha patamar 1 e vermelha patamar 2 e sinalizam as seguintes condições:

●Bandeira Verde: condições favoráveis de geração de energia. Portanto, a tarifa não sofre acréscimo financeiro (ANEEL, 2015);

●Bandeira amarela: condições de geração menos favoráveis. Com isso, a tarifa sofre acréscimo de R$ 0,01 para cada quilowatt-hora consumido (ANEEL, 2015);

●Bandeira Vermelha Patamar 1: condições mais custosas de geração. A tarifa sofre acréscimo de R$ 0,03 para cada quilowatt-hora consumido (ANEEL, 2015);

●Bandeira Vermelha Patamar 2: condições ainda mais custosas de geração. A tarifa sofre acréscimo de R$ 0,09 para cada quilowatt-hora consumido (ANEEL, 2015).

É importante frisar que no Mercado Livre não incide bandeira tarifária, o que permite também uma maior previsibilidade de custos. A compra de energia no mercado de curto prazo protege o cliente de eventuais mudanças na tarifa de energia. Os contratos fixados no horizonte de um ou mais anos assegura o preço para o cliente, contribuindo para a previsibilidade de custos, onde os riscos associados a mudanças repentinas na tarifa de energia ou inserção de bandeira tarifária não são percebidos pelos consumidores livres. Caso o cliente consuma a mais ou a menos do contratado, poderá ser realizada a venda do excedente ou compra do deficit de energia no mercado de curto prazo pelo seu Preço de Liquidação da Diferença (PLD), calculado semanalmente pela CCEE. Porém, os contratos de energia fixados no mercado livre permitem a definição de uma faixa de flexibilidade, ou seja, o cliente que consumir um percentual acima ou abaixo do contratado não ficará expostos ao mercado de curto prazo.

Esta análise do montante de energia a ser contratado e faixa de flexibilidade ideal, assim como todos os itens do contrato e momento de compra, podem ser realizados pela ECCO. Solicite sua análise de viabilidade de forma gratuita e comece a economizar o quanto antes.



15 visualizações0 comentário

Σχόλια


bottom of page