top of page

Horário ponta e fora ponta – Entenda como essa regra pode impactar na sua conta de energia

O horário ponta e fora ponta referem-se aos diferentes períodos de consumo de energia elétrica ao longo do dia, e os preços cobrados pela companhia elétrica podem variar dependendo do horário de consumo. O horário ponta é geralmente considerado o período de maior demanda de energia elétrica. Ocorre durante a tarde e início da noite, marcado por um período de 3 horas seguidas, geralmente de 18h às 21h, não sendo valido para sábado, domingo e feriados. Esse faixa de tempo foi determinado visando o hábito da população, que retorna do trabalho e começa a usar mais aparelhos elétricos em suas residências.

Já o horário fora ponta é o período em que há uma menor demanda por energia elétrica comparado ao horário ponta. O horário fora ponta é considerado as outras 21 horas do dia onde a demanda de energia não está tão intensa como no horário de ponta. Dentro desse horário temos horas de consumo médio como manhã e tarde e períodos de consumo baixo como a madrugada.

Em muitos casos, as companhias elétricas praticam tarifas mais altas durante o horário de ponta para dar um sinal de preço e desincentivar as pessoas a consumirem mais energia elétrica durante estes horários. Tal comportamento ajudar a aliviar a demanda no horário ponta e reduzir a sobrecarga nas linhas de transmissão e distribuição.

É importante verificar as condições e regras aplicáveis à tarifação da conta de luz em sua região para entender melhor como funcionam os horários ponta e fora ponta, e se há opções de tarifas diferenciadas em seu contrato de energia elétrica.

Para os consumidores do Grupo A (alta e média tensão) que estão no mercado cativo é possível requerer junto à concessionária local diferentes tipos de tarifa horo sazonal dependendo do seu perfil de consumo. As tarifas são classificadas como: Tarifa horo sazonal verde e tarifa horo sazonal azul.

TARIFA VERDE E AZUL

Na tarifa verde contrata-se apenas uma demanda de potência. Na parcela do consumo haverá duas tarifas: ponta e fora ponta. Nessa modalidade, o valor cobrado será apenas um no que diz respeito a demanda do período fora ponta, além das duas tarifas de consumo.

Na Tarifa azul é feito a contratação de duas demandas. Uma demanda para o horário fora ponta e outra para o consumo no horário ponta, podendo as demandas serem iguais ou não. Nessa modalidade as demandas são cobradas separadamente.

Para escolher a tarifa que mais se adequa ao seu negócio é necessário entender o perfil de consumo e a rotina de cada empresa para que a escolhida gere economia. EMPRESAS QUE ESTÃO NO MERCADO LIVRE DE ENERGIA

As empresas do Grupo A que são participantes do Mercado Livre de Energia não precisam se preocupar uma vez que no ACL não há essa diferenciação entre ponta e fora ponta na Tarifa de Energia e as que contratam energia de fontes incentivadas ainda podem contar com o desconto na Tarifa de Uso do Sistema de Distribuição (TUSD) o que garante um custo final ainda mais baixo. Os consumidores livres têm as regras de ponta e fora ponta apenas no que diz respeito a cobrança da distribuidora referente a demanda de potência.

Gostou de saber mais sobre esse assunto? Quer que sua empresa posso ter acesso a compra de energia com o menor preço disponível? Então converse conosco e saiba como migrar para o Mercado Livre de Energia.

67 visualizações0 comentário

コメント


bottom of page